sexta-feira, 8 de agosto de 2014

O Limão Que Não Queria Ser Limonada





Era uma vez um pequeno limão
que vivia no limoeiro em casa do Sr. João.

Todos os dias lhe diziam, sem nunca questionar,
que um verdadeiro limão a uma limonada vai parar.

Mas o pequeno limão à mãe perguntava
se era descabido o que ele ambicionava.
Virar apenas limonada parecia-lhe tolo
o que ele queria mesmo era ser um bolo.

Os restantes limões riam-se do pequeno
E mandavam bocas cheias de veneno.
Mas a mãe dizia: trabalha com amor
e vais ver que um dia te vão dar valor!

O pequeno limão ouviu com atenção
e todos os dias pensava na lição.

O tempo passou e ele ficou lindo e vistoso
e o seu aroma era simplesmente maravilhoso.

Chegou o dia em que olhou para ele o Sr. João
E logo exclamou: Mas que belo limão!
Vou dá-lo à Maria que percebe da arte
e sei que me vai fazer uma bela tarte!

O limão ficou contente e aprendeu a lição
Consegue-se tudo na vida quando se segue o coração.




200g massa folhada
1 ovo para pincelar

Recheio
4 ovos
4 colheres de sopa de limão
Sumo de 2 limões
Raspa de 1 limão
1 colher de sopa de manteiga


Estenda a massa folhada com 0,5cm de espessura. Corte um número par de círculos. Pegue em metade desses círculos e corte um outro círculo mais pequeno no centro. Pode fazê-lo com a ajuda de um cortador de massa em forma de flor, coração, etc. 

Bata ligeiramente um ovo e pincele todos os círculos. Coloque os círculos cortados sobre os círculos inteiros.
Leve ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal durante 20 minutos a 200º. 

Numa panela, leve ao lume o sumo e a raspa do limão misturados com o açúcar. Deixe ferver e retire do lume. Acrescente, em fio, os ovos ligeiramente batidos. Misture bem e leve novamente ao lume até engrossar. Retire do lume e acrescente a manteiga. Mexa até obter um creme liso e brilhante.

Recheie o centro do folhado com o creme de limão e leve ao frigorífico até arrefecer.